Segunda-feira, 19 de Abril de 2010

Aventuras do dia

Hoje não tenho fotos.

Estive demasiado ocupada em não desfalecer.

 

Calma, não é nada de grave.

 

Uma coisa que tenho que anotar na minha cabeça é para deixar de agoirar. Agora as escadas que dão acesso ao instituto estão em (re)construção a única forma (e a mais confortável) de ir até ao instituto é pelo elevador. E eu dei por mim ainda ontem a pensar que se um dia o elevador avariasse estávamos todos tramados que tínhamos que subir pela montanha do outro lado da cidade para ir até ao Instituto.

 

Pois bem. Avariou. Hoje saí de casa eram 8 da manhã para ir feliz e contente trabalhar e eis que dou de caras com um aviso que o elevador kaput! Bora lá subir a montanha. A meio do caminho (porque até meio era sempre a subir) ia caindo para o lado a carregar com portátil, carregador, dicionários, dois cadernos, a minha refeição para o almoço, máquina fotográfica e sabe-se lá mais o quê.

 

Mas cheguei ao destino. Meio desorientada e faminta mas cheguei.

 

Depois de restabelecer forças dediquei-me ao máximo às minhas tarefas e era uma da tarde já tinha tudo concluído. Se para quem emprega é uma excelente qualidade esta de ter um funcionário que trabalho rápido mas eficazmente, para mim - a funcionária - acaba por ser demasiado frustrante porque depois não sei que mais fazer!

 

Por volta das 17:15 já estava de saída à pressa para não me atrasar para o curso de alemão e às 20:40 já estava de regresso a casa.

 

Vou fazer o meu jantar (canja) e eis que percebo que o meu pano de cozinha simplesmente evaporou. Tinha-o deixado no aquecedor da cozinha porque é onde normalmente ficam a maior parte dos panos e... sim, tinha desaparecido. Pergunto-me quem será a personagem que decidiu utilizá-lo ou na pior das hipóteses roubá-lo. Não me parece que a senhora das limpezas seja capaz de fazer isso... Mas também não sei quem é que seria capaz de roubar um pano de cozinha! :S Um pano de cozinha, repito.

 

Lá tive que utilizar o meu post-it do freud que diga-se de passagem foi uma escolha bastante interessante porque o título são "Freudian Slips" e o pedido foi: Dear all, if you took my kitchen's rab by mistake, I would like to have it again, please. Thank you so much. É sempre preferível assumir como primeira instância que a pessoa o levou por engano... ;)

 

Vamos lá ver se revejo o pano ou não. Isto só visto. Peço eu a porra dum pano à minha mãe porque não tenho nenhum e acho parvoíce gastar dinheiro tendo tantos em casa em Portugal, o meu namorado traz-me o pano e nem um mês passa e ele desaparece! Lá tenho eu que dizer à minha mãe que é essencial ela vir cá visitar-me porque preciso dum pano de cozinha! Que chatice...

publicado por Botas às 22:03
link do post | comentar | favorito
|

No folclore europeu surgem recorrentemente umas botas mágicas que permitem a quem as use atravessar sete léguas de cada passo.

Nesta história, uma rapariga viaja de Portugal para Salzburgo, na Áustria, para iniciar a sua vida profissional. Calça assim um par de botas normais; a internet permite-lhe uma maior proximidade de casa.

São só 74 passos e meio de distância.

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 5 seguidores

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
15
17
19
21
22
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Vienna então

. E assim foi Vienna

. E está confirmado

. Domingo em Innsbruck

. Como se não bastasse...

. What a terrible, terrible...

. Novo começo

. Sábias palavras

. Eu queria ser ninguém

. Vou-me fartar de ver azul...

.arquivos

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009