Terça-feira, 25 de Maio de 2010

Voltei!!!

Antes de regressar a Portugal por uns dias :P

 

Em primeiro lugar peço à meia dúzia de pessoas que segue este blog as minhas mais sinceras desculpas.

A verdade é que até à semana que passou tenho andado a trabalhar que nem uma mula e a cama era a única coisa que via à frente sempre que regressava do trabalho ou da conferência.

 

Vamos então por partes.

 

1. Conferência: Penso que correu bastante bem. A equipa de coordenação fez um bom trabalho e pelas opiniões que recolhi dos participantes a satisfação era geral.

 

2. Um dia antes da conferência começar tive que dar abrigo a uma colega de trabalho que mora em Vienna porque não tinha onde passar a noite.

 

3. Perdi a minha carteira com toda a documentação, cartões de crédito e dinheiro no segundo dia da conferência. Vi a minha vida a andar para trás mas por sorte tinha comigo o passaporte para poder pelo menos voltar para Portugal.

 

4. Recuperei a minha carteira no dia seguinte porque a senhora da loja dos vestidos tradicionais encontrou-a pelo chão (vinha carregada cheia de sacos e com tanta coisa nas mãos acabei por não dar por perder o mais importante). Ganhei como souvenir um relatório da polícia com a descrição da minha carteira e conteúdos em alemão.

 

5. Após a conferência ainda andei a passear com dois colegas meus portugueses que vieram também ter a experiência de participarem numa conferência internacional e senti-me bem como guia turística.

 

6. A minha amiga Hera veio ter comigo no sábado para passarmos juntas o fim-de-semana prolongado (aqui foi feriado na segunda-feira).

 

7. Fomos a Munique porque sim e porque estávamos receosas que Salzburg se tornasse demasiado secante com tudo o que é sítio fechado. - Não disse a ninguém que era portuguesa porque foi no dia seguinte à derrota contra Inter Milão com o nosso treinador português Morinho.

 

8. Em Munique visitei o maior parque do mundo (maior ainda que o Central Park em New York) - como é óbvio só consegui conhecer um bocado porque só mesmo de bicicleta é que dava para percorrer tudo e regressar a tempo de apanhar o comboio de regresso a casa para o jantar. No entanto como depois vão ver nas fotos até uma parte do lago com ondas improvisadas tem para os surfistas da zona treinarem um pouco algumas manobras.

 

9. Tive o prazer de provar duas receitas da Indonésia que a minha amiga cozinhou para moi.

 

10. Fui finalmente visitar uma parte de Salzburg que se chama Hellbrunn onde foram filmadas algumas partes do Sound of Music, e andei a molhar-me por entre as fontes inteligentes que existiam ao longo do percurso pelo jardim imenso.

 

11. Apanhei um escaldão.

 

12. Levei a minha amiga à paragem de autocarros, dormi e hoje regressei ao trabalho.

 

P.S: Entretanto fiz muita parvoeira, troquei palavras em inglês e vou ser gozada para sempre por em plena cidade de Munique dizer em alto e bom som em vez de "We're okay", "We're gay"...

publicado por Botas às 16:31
link do post | comentar | favorito
|

No folclore europeu surgem recorrentemente umas botas mágicas que permitem a quem as use atravessar sete léguas de cada passo.

Nesta história, uma rapariga viaja de Portugal para Salzburgo, na Áustria, para iniciar a sua vida profissional. Calça assim um par de botas normais; a internet permite-lhe uma maior proximidade de casa.

São só 74 passos e meio de distância.

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 5 seguidores

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
15
17
19
21
22
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Vienna então

. E assim foi Vienna

. E está confirmado

. Domingo em Innsbruck

. Como se não bastasse...

. What a terrible, terrible...

. Novo começo

. Sábias palavras

. Eu queria ser ninguém

. Vou-me fartar de ver azul...

.arquivos

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009