Sábado, 8 de Maio de 2010

Desabafo de quem está fora de casa há três meses

Acima de tudo assusta-me ter o meu futuro tão incerto. Ando neste vai e vem dentro da minha cabeça.

Quando me perguntam "então e o que pensas fazer depois de terminar o estágio? Pensas voltar para Portugal?" a resposta é sempre a mesma: "Não sei. Tenho que terminar a tese. Depois disso não sei." ao qual sempre me respondem: "mas isso pode ser bom, ao menos tens tudo em aberto e podes pensar naquilo que quiseres para o teu futuro".

 

Mas não sei se acredito. Por um lado agrada-me e alivia-me de certa forma saber que não tenho nada fixo, que posso traçar o meu próprio rumo após terminar os estudos. Mas depois penso nos colegas que já receberam ofertas de emprego ou estágio profissional. E penso que aqui poderia vir a realizar-me profissionalmente, se conseguisse encontrar um local similar (infelizmente vejo com muito pessimismo um local de trabalho em Portugal que siga as directrizes e missões do meu estágio), mas pessoalmente seria o desastre total. Sou uma pessoa social. Vivo com e para as pessoas de quem gosto. Gosto de as sentir por perto e sinto um vazio quando não estão.

Tem sido uma experiência fantástica e tenho finalmente criado algumas ligações. Mas as pessoas são diferentes, vivem no seu mundo para si e para os seus. E eu sinto falta dos meus.

 

É de facto um sítio maravilhoso, com paisagens lindíssimas, ruas românticas, com música que ecoa por toda a cidade, ar puro, pouco stress... Mas sem ter ninguém com quem partilhá-lo torna-se mais difícil. Tenho adorado a sensação de liberdade, independência e, principalmente,  de responsabilidade, mas percebo agora que não sou o género de pessoa que não se importa de estar sozinha no mundo.

publicado por Botas às 15:05
link do post | comentar | favorito

No folclore europeu surgem recorrentemente umas botas mágicas que permitem a quem as use atravessar sete léguas de cada passo.

Nesta história, uma rapariga viaja de Portugal para Salzburgo, na Áustria, para iniciar a sua vida profissional. Calça assim um par de botas normais; a internet permite-lhe uma maior proximidade de casa.

São só 74 passos e meio de distância.

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 5 seguidores

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
15
17
19
21
22
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Vienna então

. E assim foi Vienna

. E está confirmado

. Domingo em Innsbruck

. Como se não bastasse...

. What a terrible, terrible...

. Novo começo

. Sábias palavras

. Eu queria ser ninguém

. Vou-me fartar de ver azul...

.arquivos

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009