Sábado, 12 de Junho de 2010

Às vezes sinto que tou a delirar

Quando,

 

1. Vejo uma mamã a empurrar o carrinho da menina de 2 anos com uns calções que se vêem as nádegas;

 

2. Vejo uma mamã a empurrar o carrinho com um cãozinho lá dentro para se proteger do sol.

 

 

Só tenho pena de ser sempre nas alturas que ando de bicicleta pela cidade e não tenho a câmara à mão

publicado por Botas às 18:41
link do post | comentar | favorito

No folclore europeu surgem recorrentemente umas botas mágicas que permitem a quem as use atravessar sete léguas de cada passo.

Nesta história, uma rapariga viaja de Portugal para Salzburgo, na Áustria, para iniciar a sua vida profissional. Calça assim um par de botas normais; a internet permite-lhe uma maior proximidade de casa.

São só 74 passos e meio de distância.

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 5 seguidores

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
15
17
19
21
22
24
25
26
27
28

.posts recentes

. Vienna então

. E assim foi Vienna

. E está confirmado

. Domingo em Innsbruck

. Como se não bastasse...

. What a terrible, terrible...

. Novo começo

. Sábias palavras

. Eu queria ser ninguém

. Vou-me fartar de ver azul...

.arquivos

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009